Seu cão mais feliz - Dog Walker e Pet Sitter


O Pastor Alemão é uma das raças mais inteligentes e fieis, protagonizante de diversos filmes de ação e investigação, ganhou maior fama com o filme "K9 – um Policial bom pra Cachorro", em inglês "k-9"  (K-NINE) é um "diminutivo" de "CANINE" que em português quer dizer "CANINO" (referente a cachorros).
 

K9 - Um policial bom pra cachorro

No filme K9, Jerry Lee, cujo nome verdadeiro era Rando, protagonizava um cachorro tão inteligente, que sabia ser mais esperto que seu parceiro (humano), o policial Michael Dooley (James Belushi). A história narra a busca do policial Dooley em provar que  Lyman (Kevin Tighe) é um traficante de drogas. Jerry é um cão de personalidade forte e somente trabalha quando bem entendia. Por diversas vezes, no filme, Jerry coloca Dooley em uma situação complicada e constrangedora, mas como em todos filmes de ação/comédia, ele sempre acaba por salvar a cena.

Bastidores:
Em uma entrevista publicada na Barnes & Noble em 2002, Belushi lembra que Rando, que foi o primeiro (cão ator) Jerry Lee, na triologia, foi uma "prima donna – Ele era um cão bem charmoso que a camera simplesmente amou para um close-up, e ele sabia disso. Ele era mais temperamental, arrogante mesmo.

alguns artigos que circulam na internet, afirmando que apesar de ser cobrado nos créditos, "como ele próprio", o cão pastor alemão "Jerry Lee" foi protagonizado por Koton, um cão policial da vida real de Kansas City (USA), do departamento de polícia de Missouri . Em 1991, Koton foi baleado e morto enquanto tentava apreender um suspeito, no assassinato de um policial. Dez dias antes de sua morte, Koton encontrou dez quilos de cocaína, no valor de mais de 1,2 milhões dólares.



style="display:inline-block;width:728px;height:90px"
data-ad-client="ca-pub-1099871990802830"
data-ad-slot="2939163008">





Segundo fontes não oficiais na internet.

Cena do filme K-9No entanto, de acordo com os extras do DVD, o cão que interpretou Jerry Lee foi Rando. Michael Mooring, que chefiou a Unidade de Polícia Canina e serviu como conselheiro técnico do filme, trouxe Rando da Alemanha, juntamente com dois outros cães. Rando, que foi criado para ser um cão policial, ganhou o papel porque ele era o único  cachorro "bilíngüe" entre os três, ele conseguia entender comandos em alemão e Inglês. Os outros dois cães foram utilizados como suporte de Rando. Rando foi treinado para o filme "K-9" pelo treinador de animais, Karl Miller e sua filha Teresa. Eventualmente, o cão se retirou para casa Mooring em Malibu. "Ele dormia noda cama do meu filho, toda noite", diz Mooring . Até a ocasião Belushi estava pronto para uma outra parceria, "K-9 PI", porém Rando acabou falecendo antes do inicio das filmagens.

 

Origem:

Suas origens remotam ao Paleolítico, época em que os homens, durante as caçadas, eram acompanhados por matilhas selvagens que se alimentavam dos restos de alimentos na região da Turígia.
Depois, no neolítico, com a criação de ovelhas, os alemães necessitavam de um cão forte e de movimentação rápida acompanhada de um mínimo gasto de energia, além de uma inteligência excepcional, para proteger o rebanho de animais selvagens ou invasores, e impedir que o próprio rebanho destruísse as plantações. Para essa função foi criada toda a família de cães pastores.
Durante 3 mil anos, os alemães foram aprimorando seus cães de pastoreio ninhada por ninhada, até a seleção definitiva, em 1882, por Max von Stephanitz. O Pastor alemao é uma raça de cães de guarda. É muito rápido, agil, forte e preparado, sendo considerado um dos cães mais inteligentes.
Foi considerado 3 vezes o melhor cão para se adestrar. Um dos maiores cães de guardas na segunda guerra mundial recebeu a alcunha de 'el diablo' (o diabo, em português).

 

Principais Caracteristicas:

Emprego: Cão da utilidade, cão da pastore e cão de serviço polivalente. Guia de cegos, pela sua inteligência e docilidade, como cão de companhia por sempre estar a querer agradar ao dono, cão de polícia, cão de guerra e, finalmente, como cão-de-guarda pela sua agilidade no ataque e latido prolongado.Raça: Pastor Alemão

O cão Pastor Alemão ressalta logo à primeira vista como um animal harmonioso, bem proporcionado, mais logo do que alto e com um perfeito equilíbrio entre todas as diversas partes do seu todo. É um animal nobre, forte e vivaz, substancioso, sem ser grosseiro, evidência tanto em repouso como quando em movimento, perfeito apuro muscular e lapides, tal um atleta em perfeita forma.

Tanto no comportamento, quanto no caráter, o Pastor Alemão deve ser ponderado, bem equilibrado, autoconfiante, absolutamente natural, completamente inofensivo (salvo quando provocado), vigilante e dócil.

É dotado de uma personalidade marcante, expressão direta e destemida, sem contudo se mostrar hostil, confiança própria, firmeza de nervos e uma certa reserva que não o predispõe à amizades imediatas e indiscriminadas; enfim de uma nobreza natural e marcante, seguro de si e que por si só impõe confiança, respeito e admiração.

Estrutura: O cão Pastor Alemão é um cão de utilidade, trotador por excelência e, como tal, sua estrutura foi criada para atender às exigências de seu trabalho sob as mais diversas condições.

Altura: É um animal levemente acima do tamanho médio. A sua altura, medida por uma perpendicular tirada da ponta da cernelha, com a pelagem comprida, ao solo em nível, tangenciando o cotovelo, deverá ser:

Para os machos: de 60 a 65 cm
Para as fêmeas: de 55 a 60 cm

Comprimento: É tomado em perfeita horizontal da ponta do externo a ponta do esquio.

Pelagem: O cão Pastor Alemão possui pelagem dupla; sub-pêlo e sobre-pêlo. A quantidade de sub-pêlo vária conforme a estação do ano e o tempo de vida ao ar livre, mas deve estar sempre presente, a fim de protegê-lo da água, temperaturas extremas e insetos. A sua ausência é considerada como falta e como tal punida.

Coloração: Excluindo o branco, todas as cores são permitidas no cão Pastor Alemão: preto, cinza-ferro, cinza ou unicolor ou com partes marrom, amarelo, bege e cinza claro, capa-preta e todas as suas variações. Em todos esses tipos, uma pequena mancha branca no peito não é sinal de defeito.

 

Links Relacionados:

http://www.pastoralemao.com

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pastor-alem%C3%A3o

 

 



style="display:inline-block;width:728px;height:90px"
data-ad-client="ca-pub-1099871990802830"
data-ad-slot="2939163008">




facebook comments:


Posts Recentes no Blog

III World Pets Day

Acontecerá no dia 10 de novembro o 3o World Pets ...

Saímos na Revista E

Estamos muito felizes com a publicação da reportagem na Revista ...

Verão para o seu C

10 Dias especiais para seu Cão ficar bem no Verão. Selecionamos ...